O EVANGELHO DO REINO DE DEUS ENSINADO POR JESUS CRISTO: E O SEGUNDO EVANGELHO CRIADO POR LUTERO EM 1521

Nós sabemos que o evangelho que Jesus trouxe para a terra, foi o Evangelho Eterno; que desde tempos eternos esteve oculto, mas se manifestou agora, e se notificou pelas escrituras dos profetas, segundo o mandamento do Deus Eterno, a todas as nações para obediência da fé; como está escrito em Romanos Cp.16, Vs.25 e 26.

Este Evangelho Eterno esteve oculto neste mundo; mas em outros mundos, já foi manifesto por outros seres elevados como Jesus Cristo e os apóstolos.

Quando o Evangelho Eterno veio para a terra, foi dado primeiro aos profetas para depois manifestar-se ao povo de Israel por meio de Jesus e dos seus apóstolos.

Veja em Colossenses Cp.1, V.26 que diz; “O mistério que esteve oculto desde todos os séculos, e em todas as gerações, e que agora foi manifesto aos seus santos.”

Isaías no Cp.40, Vs.3 a 5 disse: “Voz do que clama no deserto: Preparai o caminho do Senhor: endireitai no ermo vereda a nosso Deus. Todo o vale será exaltado, e todo o monte e todo o outeiro serão abatidos; e o que está torcido se endireitará, e o que é áspero se aplainará. E a glória do Senhor se manifestará, e toda a carne juntamente verá que foi a boca do Senhor que isto disse.”

Em Lucas Cp.3, Vs.4 e 5, João Batista confirma o que o profeta Isaías falou. Aqui ele fala segundo o que está escrito no livro das palavras do profeta Isaías que diz: “Voz do que clama no deserto: Preparai o caminho do Senhor; endireitai as suas veredas. Todo o vale se encherá, e se abaixará todo o monte e outeiro; e o que é tortuoso se endireitará, e os caminhos escabrosos se aplanarão. E toda a carne verá a salvação de Deus.”

Nos versículos 10 e 11 do mesmo capítulo diz que; “A multidão o interrogava dizendo: Que faremos pois? E, respondendo ele, disse-lhes: Quem tiver duas túnicas, reparta com o que não tem, e quem tiver alimentos faça da mesma maneira.”

No ano 15, do reinado de Tibério na Judéia, começara Jesus a sua pregação. A doçura de sua doutrina, toda de amor e de perdão de uns para com os outros, em breve conquistava os corações.
A misericórdia, a humanidade, a esperança, a resignação no sofrimento, o amor a Deus e ao próximo. Tais eram os principais ensinamentos de Cristo. “Bem aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque serão fartos!”- Era o que Ele dizia. E em torno Dele se agrupavam todos os deserdados da vida.
Com suas palavras Jesus trazia a maior esperança para os oprimidos, que viviam no mundo sem ter nenhuma esperança de um dia cessarem as lágrimas de seus olhos
.
Em Mateus Cp.5, Vs. de 1 a 12, diz que Jesus vendo a multidão, subiu a um monte. E assentando-se, aproximaram-se Dele os seus discípulos; E abrindo a sua boca, os ensinava dizendo: Bem- aventurados os pobres de espírito, porque deles é o reino dos céus.” -- Este reino dos céus do qual Ele estava falando, era o sistema dos mundos espirituais; que são governados por seres espirituais com natureza divina. Jesus veio trazendo esta notícia divina, para governar a terra com esta mesma natureza.
Foi por isso que Ele disse também que “bem-aventurados os mansos, porque eles herdarão a terra”.           -- Jesus veio confirmando tudo quanto foi falado por Deus Jeová, em todo o antigo testamento. Ele mesmo falou com Noé através do seu Espírito em Gênesis Cp.8, V.22, onde Ele disse: “Enquanto a terra durar, sementeira e sega, e frio e calor, e verão e inverno, e dia e noite, não cessarão.”

- Se há sementeira e colheita; Como não há pessoas?

Em Gênesis Cp.9, Vs.12 a 16, o Senhor Deus disse para Noé: “Este é o sinal do concerto que ponho entre mim e vós, e entre toda a alma vivente, que está convosco por gerações eternas. O meu arco tenho posto na nuvem, este será por sinal do concerto entre mim e a terra. Acontecerá que, quando Eu trouxer nuvem sobre a terra, aparecerá o arco nas nuvens. Então me lembrarei do meu concerto, que está entre mim e vós, e ainda toda a alma vivente de toda a carne; e as águas não se tornarão mais em dilúvio, para destruir toda carne. E estará o arco nas nuvens, e Eu o verei, para me lembrar do concerto eterno entre Deus e toda a alma vivente de toda carne, que está sobre a terra.”

Em Gênesis Cp.13, Vs.14 e 15, Deus disse para Abraão: “Levanta agora os teus olhos, e olha desde o lugar onde estás, para a banda do norte, e do sul, e do oriente e do ocidente, porque toda esta terra que vês, te hei de dar a ti e a tua semente para sempre. Farei a tua semente como o pó da terra; de maneira que se alguém puder contar o pó da terra, também a tua semente será contada. Levanta-te percorre esta terra, no seu comprimento e na sua largura; porque a ti a darei.”

- Veja o outro juramento que Deus fez a Isaque, filho de Abraão; Em Gênesis Cp.26, Vs. de 1 a 5, que diz: “E havia fome na terra, além da primeira fome, que foi nos dias de Abraão: Por isso foi-se Isaque a Abimeleque, rei dos filisteus, em Gerar. E apareceu-lhe o Senhor, e disse: Não desças ao Egito; habita na terra que eu te disser: Peregrina nesta terra, e serei contigo, e te abençoarei; porque a ti e a tua semente, darei todas estas terras; e em tua semente serão benditas todas as nações da terra; Porquanto Abraão obedeceu à minha voz, e guardou o meu mandado, os meus preceitos, os meus estatutos, e as minhas leis.”

-- Veja o que a igreja católica e as igrejas evangélicas fizeram: Desviaram o povo das promessas de Deus, que foram feitas a Abraão e a sua posteridade; Prometendo ao povo este falso arrebatamento para o céu.

Em Êxodo Cp.32, V.13, Moisés disse para Deus em oração: “Lembra-te de Abraão, de Isaque, e de Israel, os teus servos, aos quais por ti mesmo tens jurado, e lhes dissestes: Multiplicarei a vossa semente como as estrelas dos céus, e darei à vossa semente toda esta terra, de que tenho dito, para que a possuam por herança eternamente.” -- Moisés lembrou a Deus do seu juramento para com toda a semente de Abraão. Já Martinho Lutero, negando as promessas de Deus desviou todo o povo do Reino de Deus.

Em ll Samuel Cp.23, Vs.2 a 5, Davi disse: “ O Espírito do Senhor falou por mim, e a sua palavra esteve em minha boca. Disse o Deus de Israel, a Rocha de Israel a mim me falou: Haverá um justo que domine sobre os homens, que domine no temor de Deus. E será como a luz da manhã, quando sai o sol, da manhã sem nuvens, quando pelo seu resplendor e pela chuva, a erva brota da terra. Ainda que a minha casa não seja tal para com Deus, contudo estabeleceu comigo um concerto eterno, que em tudo será bem ordenado e guardado, pois toda a minha salvação e todo o meu prazer está nele, apesar de que ainda não o faz brotar.”

-- Outra esperança maravilhosa de se ver, será a deste justo dominando a terra, como o sol que sai em uma manhã sem nuvens. Será um domínio sem embaraços!

-- Veja que esperança maravilhosa Salomão deu a respeito do Reino de Deus aqui na terra governado por Jesus; no livro dos Salmos Cp.72, Vs. de 1 a 20.

Medite bem nos versículos de 5 a 8 do mesmo capítulo, que diz: “Temer-te-ão enquanto durar o sol e a lua, de geração em geração. Ele descerá como a chuva sobre a erva ceifada, como os chuveiros que umedecem a terra. Nos seus dias florescerá o justo, e abundância de paz haverá enquanto durar a lua. Dominará de mar a mar, e desde o rio até às extremidades da terra.” -- Este é Jesus, a nossa esperança; Que vem governar a terra com justiça e paz!

No livro de Isaías Cp.32, Vs.15 a 18, Ele diz: “Até que se derrame sobre nós o Espírito lá do alto: então o deserto se tornará em campo fértil, e o campo fértil será reputado por um bosque. E o juízo habitará no deserto, e a justiça morará no campo fértil. E o efeito da justiça será paz, e a operação da justiça repouso e segurança, para sempre. E o meu povo habitará em morada de paz, e em moradas bem seguras, e em lugares quietos de descanso.”

Já em Isaías Cp.35, Vs. de 1 a 10, diz: “O deserto e os lugares secos se alegrarão disto; e o ermo exultará e florescerá como a rosa. Abundantemente florescerá, e também regorgitará de alegria e exultará; a glória do Líbano se lhe deu, a excelência do Carmelo e Sarom: eles verão a glória do Senhor, a excelência do Nosso Deus.
Confortai as mãos fracas, e fortalecei os joelhos trementes. Dizei aos turbados de coração: Esforçai-vos, não temais: eis que o vosso Deus virá com vingança, com recompensa de Deus; ele virá, e vos salvará. Então os olhos dos cegos serão abertos, e os ouvidos dos surdos se abrirão. Então os coxos saltarão como cervos, e a língua dos mudos cantará: porque águas arrebentarão no deserto e ribeiros no ermo.
E a terra seca se transformará em tanques, e a terra sedenta em mananciais de águas; e nas habitações em que jaziam os chacais haverá erva com canas e juncos. E ali haverá um alto caminho, um caminho santo; o imundo não passará por ele, mas será para aqueles: os caminhantes, até mesmo os loucos, não errarão.
Ali não haverá leão, nem animal feroz subirá a ele, nem se achará nele: mas os remidos andarão por ele. E os resgatados do Senhor voltarão, e verão a Sião com Júbilo: e alegria eterna haverá sobre as suas cabeças; gozo e alegria alcançarão, e deles fugirá a tristeza e o gemido.”

-- Os que crêem no falso arrebatamento para o céu, irão continuar com as tristezas e os gemidos. Porque se omitiram em aceitar o Reino de Deus.

-- Veja que no versículo 10 diz que; “Os resgatados do Senhor voltarão”; Não de uma sepultura imunda, mas sim de um ventre materno, santo e bendito. Como podemos ver em: Salmos Cp.69, Vs.35 e 36, e em Zacarias Cp.8, V.5.

Em Jeremias Cp.7, V.7 Deus disse: “Eu vos farei habitar neste lugar, na terra que dei a vossos pais de século em século.”

Em Jeremias Cp.23, Vs.5 e 6 diz: “Eis que vêm dias diz o Senhor, em que levantarei a Davi um Renovo justo; e, sendo rei, reinará e prosperará, e praticará o juízo e a justiça na terra. Nos seus dias Judá será salvo, e Israel habitará seguro: e este será o seu nome, com que o nomearão: O Senhor Justiça Nossa.”

Também no livro de Jeremias Cp.33, Vs.14 e 15, diz: “Eis que vêm dias, diz o Senhor, em que cumprirei a palavra boa que falei à casa de Israel e à casa de Judá. Naqueles dias e naquele tempo farei que brote a Davi um Renovo de justiça, e ele fará juízo e justiça na terra. Naqueles dias Judá será salvo e Jerusalém habitará seguramente: e este é o nome que lhe chamarão: “O Senhor É Nossa Justiça.”

No livro de Isaías Cp.9, Vs.6 e 7 diz: “Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu; e o principado está sobre os seus ombros; e o seu nome será: Maravilhoso, Conselheiro,Deus Forte, Pai da eternidade, Príncipe da paz. Do incremento deste principado e da paz não haverá fim, sobre o trono de Davi e no seu reino, para o firmar e o fortificar em juízo e em justiça, desde agora e para sempre; o zelo do Senhor dos Exércitos fará isto.”
Ainda em Isaías Cp.54, Vs.10 a 14 diz: “Porque as montanhas se desviarão e os outeiros temerão; mas a minha benignidade não se desviará de ti, e o concerto da minha paz não mudará, diz o Senhor que se compadece de ti.
Ó oprimida, arrojada com a tormenta e desconsolada! Eis que Eu porei as tuas pedras com todo o ornamento, e te fundarei sobre safiras. E as tuas janelas farei cristalinas, e as tuas portas de rubís, e todos os teus termos de pedras aprazíveis. E todos os teus filhos serão discípulos do Senhor; e a paz de teus filhos será abundante. Com justiça serás confirmada; estarás longe da opressão, porque já não temerás; e também do espanto, porque não chegará a ti.”

Em Isaías Cp.62, Vs.6 e 7, Deus falou pelo profeta Isaías dizendo: “Ó Jerusalém! sobre os teus muros pus guardas, que todo o dia e toda a noite de contínuo se não calarão: ó vós, os que fazeis menção do Senhor, não haja silêncio em vós; Nem estejais em silêncio, até que confirme, e até que ponha a Jerusalém por louvor na terra.”
No versículo 12, do mesmo capítulo diz: “E chamar-lhes-ão: Povo santo, remidos do Senhor; e tu serás chamada a Procurada, a cidade não desamparada.”
Em Isaías Cp. 66, Vs.11 a 13 diz: “Para que mameis, e vos farteis dos peitos das suas consolações: para que sugueis, e vos deleiteis com o resplendor da sua glória. Porque assim diz o Senhor: Eis que estenderei sobre ela a paz como um rio, e a glória das nações como um ribeiro que transborda; então mamareis, ao colo vos trarão, e sobre os joelhos vos afagarão. Como alguém a quem consola sua mãe, assim eu vos consolarei; e em Jerusalém vós sereis consolados.”

-- Jerusalém é a cidade do Grande Rei! Quem afirmou isto foi o próprio Jesus Cristo; no livro de Mateus Cp.5, V.35.

= Em quem você crê?

É em Jesus Cristo e no que Ele falou; ou neste falso arrebatamento para o céu como os crentes esperam?

Em Zacarias Cp.2, Vs.10 a 12, Deus disse: “Exulta, e alegra-te, ó filha de Sião, porque eis que venho, e habitarei no meio de ti, diz o Senhor. E naquele dia muitas nações se ajuntarão ao Senhor, e serão o meu povo: e habitarei no meio de ti, e saberás que o Senhor dos Exércitos me enviou a ti. Então o Senhor possuirá a Judá como sua porção na terra santa, e ainda escolherá a Jerusalém.”

= Ele, [Jesus Cristo], vem habitar no meio dela, [Jerusalém]; Como diz também em Zacarias Cp.8, Vs.3 a 6.
Veja em Amós Cp.9, Vs.11 e 12, onde Deus usando o profeta Amós, pelo seu Espírito Santo, disse: “Naquele dia tornarei a levantar a tenda de Davi, que caiu e taparei as suas aberturas, e a edificarei como nos dias da antiguidade; para que possuam o restante de Edom; e todas as nações que são chamadas pelo meu nome, diz o Senhor que faz estas cousas.”

-- Isto só irá acontecer depois da destruição de Gogue e Magogue no Monte de Sião; como já foi falado em Ezequiel Cp.39, Vs.9 a 17.

No livro dos Salmos Cp.145, Vs.10 a 13 diz: “Todas as tuas obras te louvarão, ó Senhor, e os teus santos te bendirão. Falarão da glória do teu reino, e relatarão o teu poder; para que façam saber os filhos dos homens as tuas proezas e a glória da magnificência do teu reino. O teu reino é um reino eterno; o teu domínio estende-se a todas as gerações.”

Em Isaías Cp.43, Vs.8 e 9, Deus disse: “Trazei o povo cego, que tem olhos; e os surdos, que têm ouvidos. Todas as nações se congreguem, e os povos se reúnam; quem dentre eles pode anunciar isto, e fazer-nos ouvir as cousas antigas? Apresentem as suas testemunhas, para que se justifiquem, e para que se ouça, e diga: Verdade é.”
- Quando Deus disse: “Trazei o povo cego, que tem olhos; e os surdos, que têm ouvidos; Ele está se referindo a estes que andam dizendo que irão morar no céu. Estes são os surdos que nunca deram ouvidos às muitas profecias que foram pregadas pelos santos profetas, a respeito do Reino de Deus aqui na terra.
Eles nunca viram e nem ouviram o que está escrito em Isaías Cp.34, Vs.16 e 17, que diz: “Buscai no livro do Senhor, e lede; nenhuma destas cousas falhará, nem uma nem outra faltará.”

-- Agora me responda: Qual foi o motivo que levou os religiosos a rejeitarem o antigo testamento? Porque quem falhou, foram as religiões, e não a palavra de Deus.

No livro de Provérbios Cp.1, V.7 diz: “O temor do Senhor é o princípio da ciência: E os loucos desprezam a sabedoria e a instrução.” - Aqui Salomão se refere à Ciência Espiritual; a qual se encontra no antigo testamento; porque no novo não há ciência; mas sim, evangelização.

Ainda em Provérbios Cp.22, Vs.17 a 21 diz: “Inclina os teus ouvidos e ouve as palavras dos sábios; e aplica o teu coração à minha ciência. Porque é cousa suave, se as guardares nas tuas entranhas, se as aplicares todas aos teus lábios. Para que a tua confiança esteja no Senhor, a ti tas faço saber hoje; sim a ti mesmo. Porventura não te escrevi excelentes cousas acerca de todo o conselho e conhecimento; Para te fazer saber a certeza das palavras de verdade, para que possas responder palavras de verdade aos que te enviarem?”
-- Se você diz que não está mais sendo guiado pelo antigo testamento; você rejeitou toda a inspiração divina que foi falada pelo Espírito da verdade, através dos santos profetas na antiguidade.

Agora me responda as seguintes questões:
-- Onde você pode encontrar ciência espiritual; a não ser no antigo testamento?
-- Qual a ciência que você pode encontrar nos quatro evangelhos; [Mateus, Marcos, Lucas e João], a não ser evangelização; como instrução e lição de vida?
-- Jesus mandou você examinar as escrituras; Quais eram as escrituras as quais Ele estava se referindo?

= Observe que quando Jesus nasceu não existia o novo testamento. Porque o novo testamento, surgiu durante a vida de Jesus Cristo aqui na terra; ele conta toda sua trajetória de vida, até a sua morte.
Este é o mesmo “novo testamento” traduzido por Roma na convenção de Constantino. Porque depois da destruição de Jerusalém, todas as escrituras judaicas foram levadas para Roma pelo general Tito no ano 70.
Fiquem sabendo, que as cópias mais antigas das escrituras estão guardadas no vaticano e no museu britânico. Eles não as traduziram, porque estes escritos não estão em concordância com a doutrina falsa de Babilônia que eles pregavam, e pregam durante séculos.

Em João Cp.5, Vs.46 e 47 Jesus disse: “Porque, se vós crêsseis em Moisés, creríeis em mim; porque de mim escreveu ele. Mas, se não credes nos seus escritos, como crereis nas minhas palavras?”

- Aqui está provado, que todos os que rejeitam e não aceitam o velho testamento; não crêem nas palavras de Jesus Cristo que são as mesmas citadas pelos profetas de antigamente.
Foi o próprio Jesus Cristo quem fez esta pergunta; Como você pode confessar a salvação; sem crer no que Moisés escreveu a respeito de Jesus?

- Se você confessa a salvação fora do que Moisés escreveu; está sendo acusado pelo próprio Jesus Cristo no evangelho de João Cp. 5, Vs.46 e 77, e não por mim.

Em Romanos Cp.16, Vs.25 e 26, Paulo disse: “Ora, aquele que é poderoso para vos confirmar segundo o meu evangelho e a pregação de Jesus Cristo, conforme a revelação do ministério que desde tempos eternos esteve oculto.”
-- Este evangelho esteve oculto aqui neste mundo, mas operava em outras galáxias como Paulo falou em Efésios Cp.1, Vs.9 e 10.
O evangelho que Jesus trouxe para a terra, e que existe desde os tempos eternos, não está parado, ele continua operando em outros mundos; como Jó falou no Cp.15, V.15. Aqui ele falou dos “mundos impuros”[outros planetas], e o Evangelho Eterno, é para purificá-los.

No Cp.16, V.26 de Romanos diz: “Mas que se manifestou agora, e se notificou pelas escrituras dos profetas, segundo o mandamento do Deus eterno, a todas as nações para obediência da fé.”

Neste versículo está a prova de que o evangelho eterno estava oculto aqui na terra, mas que estava manifesto em outro lugar; foi por isto que Jesus disse em João Cp.5, V.17: “Meu Pai trabalha até agora, e eu trabalho também.” [Iluminando outros mundos com a luz do evangelho eterno].

A respeito disso Davi disse no livro dos Salmos Cp.103, V.17: ”Mas a misericórdia do Senhor é de eternidade a eternidade, sobre aqueles que o temem, e a sua justiça sobre os filhos dos filhos.”

Em Lamentações Cp.3, Vs.22 diz: “As misericórdias do Senhor são a causa de não sermos consumidos; porque as suas misericórdias não têm fim. Novas são a cada manhã; grande é a tua fidelidade.” -- É por isso que o Deus Eterno não pára de trabalhar.

-- Veja uma coisa muito interessante, que já foi falada, e estou repetindo novamente para despertar os que dormem. Os que forem inteligentes irão entender!
= Observe:
Em Romanos Cp.16, V.25 e 26, diz que; “O evangelho destes tempos eternos esteve oculto”; esta frase está no versículo 25. Já no versículo 26 diz: “Mas que se manifestou agora, e se notificou pelas escrituras dos profetas, segundo o mandamento do Deus eterno, a todas as nações para obediência da fé.”

- Veja que este evangelho se manifestou pelas escrituras dos profetas. Todas as profecias foram faladas pelo Espírito Santo de Deus, em todo o antigo testamento; foi por onde o evangelho de Jesus se manifestou, trazendo a esperança do reino de Deus aqui na terra. Não existem profecias falando que Deus vai arrebatar a igreja para o céu.

Em Mateus Cp. 10, Vs.7 a 10, Jesus deu ordem a seus discípulos dizendo: “Indo , pregai, dizendo: É chegado reino dos céus. Curai os enfermos, limpai os leprosos, ressuscitai os mortos, expulsai os demônios: de graça recebestes, de graça dai. Não possuais ouro, nem prata, nem cobre, em vossos cintos; Nem alforges para o caminho, nem duas túnicas, nem alparcas, nem bordão; porque digno é o operário do seu alimento.”
-- Este é o evangelho que se manifestou pelas escrituras dos profetas, trazendo toda esta recomendação.
- Jesus mandou os apóstolos anunciarem o arrebatamento para o céu; ou o reino de Deus aqui na terra?
- Ele ordenou que eles anunciassem o reino de Deus aqui na terra; confirmando com as virtudes de suas obras!
Em Lucas Cp.12, V.32, Jesus disse para seus discípulos: “Não temas, ó pequeno rebanho, porque a vosso Pai agradou dar-vos o reino.”

Ainda em Lucas no Cp.22, V.29 e 30, Jesus disse para seus apóstolos: “E eu vos destino o reino, como meu Pai mo destinou; Para que comais e bebais à minha mesa no meu reino, e vos assenteis sobre tronos, julgando as doze tribos de Israel.”

Em Atos Cp.1, V.3 diz que; Depois de Jesus ter padecido, se apresentou vivo, com muitas e infalíveis provas, sendo visto pelos apóstolos por espaço de quarenta dias, e falando a respeito do reino de Deus.”
Daniel já tinha profetizado este reino do qual Jesus estava falando.
Daniel disse: “Eu estava olhando nas minhas visões da noite, e eis que vinha nas nuvens do céu um como o filho do homem: E dirigiu-se ao ancião de dias, e o fizeram chegar até ele. E foi-lhe dado o domínio e a honra, e o reino, para que todos os povos, nações e línguas o servissem: o seu domínio é um domínio eterno que não passará, e o seu reino o único que não será destruído.”
- Foi a respeito deste reino que Jesus estava falando para, os apóstolos depois de ressuscitado, como vimos em Atos Cp.1, V.3.
No versículo 18, do Cp. 7 de Daniel diz: “Mas os santos do Altíssimo receberão o reino, e possuirão o reino para todo o sempre, e de eternidade em eternidade.” -- E assim, viverão para sempre!

Em Amós Cp. 9, Vs.11 e 12, Deus disse: “Naquele dia tornarei a levantar a tenda de Davi, que caiu, e taparei as suas aberturas, e tornarei a levantar as suas ruínas, e a edificarei como nos dias da antiguidade; Para que possuam o restante de Edom, e todas as nações que são chamadas pelo meu nome, diz o Senhor, que faz estas cousas.”
E ainda em Apocalipse Cp.11, V.15 o apóstolo João disse: “E tocou o sétimo anjo a sua trombeta, e houve no céu grandes vozes, que diziam: Os reinos do mundo vieram a ser de Nosso Senhor e do seu Cristo, e Ele reinará para todo o sempre.”

-- Como se pode desviar esta verdade falada pelo anjo de Deus ao apóstolo João na ilha de Patmos, a respeito do reino de Deus na terra, governada por Jesus, para todo o sempre?

Em Apocalipse Cp.21, Vs.3 a 5, o apóstolo João disse: “E ouvi uma grande voz do céu que dizia: Eis aqui o tabernáculo de Deus com os homens, pois com eles habitará e eles serão o meu povo e o mesmo Deus estará com eles, e será o seu Deus. E Deus limpará de seus olhos toda a lágrima; e não haverá mais morte nem pranto, nem clamor, nem dor; porque já as primeiras coisas são passadas. E o que estava assentado no trono disse: Eis que faço novas todas as coisas. E disse-me: Escreve; porque estas palavras são verdadeiras e fiéis.”
-- Agora eu pergunto para vocês religiosos: As palavras de vocês são verdadeiras e fiéis?

- Quando vocês pregam para os pecadores sobre o arrebatamento, e os convidam para morar no céu; Estas suas palavras são verdadeiras ou são falsas?

-- Com certeza são falsas!

- Observe o que diz em:
ll Timóteo Cp. 3, Vs.12 e 13, quando Paulo disse: “E também todos que piamente querem viver em Cristo Jesus padecerão perseguições. Mas os homens maus e enganadores irão de mal para pior, enganando e sendo enganados.”

Ainda em ll Timóteo Cp.4, Vs. de 1 a 5, Paulo disse: “Conjuro-te pois diante de Deus, e do Senhor Jesus Cristo, que há de julgar os vivos e os mortos, na sua vinda e no seu reino; Que pregues a palavra, instes a tempo e fora de tempo, redarguas, repreendas, exortes, com toda a longanimidade e doutrina. Porque virá tempo em que não sofrerão a sã doutrina; mas tendo comichão nos ouvidos, amontoarão para si doutores conforme as suas próprias concupiscências; E desviarão os ouvidos da verdade, voltando às [fábulas]. Mas tu sê sóbrio em tudo, sofre as aflições, faze a obra dum evangelista, cumpre o teu ministério.”

Já em ll Pedro Cp.1, V.16, diz: “Porque não vos fizemos saber a virtude e a vinda de nosso Senhor Jesus Cristo, seguindo [fábulas] artificialmente compostas: mas nós mesmos vimos a sua majestade.”

-- O que são fábulas?
- É a narração de imaginários; composições literárias; alegorias que encerram uma lição moral; apólego, mitologia; ficção e mentiras; tudo isso são fábulas.

O evangelho eterno é um choque para o mundo; porque ele é contra o sistema do mundo. Foi por isso que Tiago no Cp.4, V.4 disse assim: “Adúlteros e adúlteras, não sabeis vós que a amizade do mundo é inimizade contra Deus? Portanto qualquer que quiser ser amigo do mundo, constitui-se inimigo de Deus.”

Em l João Cp.2, Vs.15 a 17, ele disse: “Não ameis o mundo nem o que no mundo há. Se alguém ama o mundo, o amor do Pai não está nele. Porque tudo o que há no mundo, a concupiscência da carne, a concupiscência dos olhos e a soberba da vida, não é do Pai, mas do mundo. E o mundo passa, e a sua concupiscência; mas aquele que faz a vontade do Senhor permanece para sempre.”

Foi o que Jesus falou em Lucas Cp.14, V.33 que diz: “Assim, pois, qualquer de vós, que não renuncia a tudo quanto tem, não pode ser meu discípulo.” Ele disse isso porque o sistema do mundo foi dado à besta, e tudo o que há no mundo está sob seu sistema; como está escrito em Apocalipse Cp.17, Vs.17 e 18.

- Mas só foi lhe dado o sistema [que é o governo atual], porque a terra [o planeta], é de Cristo.

Virá o dia em que este sistema sairá da terra, para dar lugar ao novo sistema espiritual; que é o sistema de Jesus Cristo. Como está escrito em Daniel Cp.2, V.44 que diz: “Mas nos dias destes reis, o Deus do céu levantará um reino que não será jamais destruído; e este reino não passará a outro povo: esmiuçará todos estes reinos, e será estabelecido para sempre.”

= Agora vamos saber, como o evangelho luterano apareceu, negando o antigo testamento, onde estão todas as promessas que Deus fez como juramento a Abraão, a Isaque e a Jacó.

-- Quem lê as antigas histórias sabe que a grande Babilônia foi fundada na Caldeia. Essa Babilônia gloriosa, se localizava entre o reino orgulhoso dos caldeus.

Em Daniel Cp.4, Vs.29 e 30 diz: “Ao cabo de doze meses o rei Nabucodonosor andando a passear sobre o palácio real da Babilônia. Falou o rei, e disse: Não é esta a grande Babilônia que eu edifiquei para a casa real, com a força do meu poder, e para glória da minha magnificência?”

Em Isaías Cp. 47, Vs.12 e 13, Deus já estava ameaçando à Babilônia quando Ele disse: “Deixa-te estar com os teus encantamentos, e com a multidão das tuas feitiçarias em que trabalhaste desde a tua mocidade, a ver se podes tirar proveito, ou se porventura te podes fortificar. Cansaste-te na multidão dos teus conselhos; levantem-se pois agora os agoureiros dos céus, os que contemplavam os astros, os prognosticadores das luas novas, e salvem-te do que há de vir sobre ti.”

No livro de Apocalipse Cp.18, Vs.5 a 8, Deus disse: “Porque já os seus pecados se acumularam até ao céu, e Deus se lembrou das iniqüidades dela. Tornai-lhe a dar como ela vos tem dado, e retribuir-lhe em dobro conforme as suas obras: no cálice em que vos deu de beber dai-lhe a ela em dobro. Quanto ela se glorificou, e em delícias esteve, foi-lhe outro tanto de tormento e pranto; porque diz em seu coração: Estou assentada como rainha, e não sou viúva, e não verei o pranto. Portanto, num dia virão as suas pragas, a morte, e o pranto, e a fome; e será queimada no fogo; por que é forte o Senhor Deus que a julga.”

-- A antiga Babilônia dominou quatro mil anos. Embebedou todas as nações da terra com a doutrina dela; que era inferno de fogo, o diabo tentador, a ressurreição da sepultura, e o arrebatamento para o céu.
Quando ela entrava em guerra com as outras nações, os seus sacerdotes, confessavam os seus soldados, dando esperança para eles dizendo que se eles morressem na guerra, iriam para o céu. Porque a Babilônia era conhecida e considerada como a rainha do céu; porque ela dizia-se estar assentada como rainha.

No livro de Jeremias Cp.44, V.18, as mulheres diziam: “Mas desde que cessamos de queimar incenso à rainha dos céus, e de lhe oferecer libações, tivemos falta de tudo, e fomos consumidos pela espada e pela fome.”
-- O povo fazia sacrifícios à rainha dos céus na esperança de um dia irem morar no céu com sua mãe. Já Faraó almejava subir para o céu, e ser grande em altivez; como podemos ver em Isaías Cp.14, Vs.13 e 14, que diz: “E tu dizias no teu coração: Eu subirei ao céu, acima das estrelas de Deus exaltarei o meu trono, e no monte da congregação me assentarei, da banda dos lados do norte. Subirei acima das mais altas nuvens, e serei semelhante ao Altíssimo.” - Faraó é o pai de todos aqueles que esperam ser arrebatados para morar no céu. Isto era a doutrina de Babilônia.

= Em 539 antes de Cristo, Ciro da Pérsia, atacou a grande Babilônia deitando-a por terra. O mundo teve paz por um bom tempo.

Em 753 antes de Cristo; aconteceu a fundação de Roma [a filha de Babilônia]. Em Apocalipse Cp.13, Vs.12 a 17, diz que ela exerce todo o poder da primeira besta na sua presença, e faz que a terra e os que nela habitam adorem a primeira besta, cuja chaga mortal fora curada. E faz grandes sinais, de maneira que até fogo faz descer do céu à terra, à vista dos homens [ que eram os milagres falsos]; E engana os que habitam na terra com sinais que lhe foi permitido que fizesse em presença da besta, dizendo aos que habitam na terra que fizessem uma imagem à besta que recebera a ferida da espada e vivia.

Esta ferida da espada que ela recebera, foi em 66 depois de Cristo; quando Nero a incendiou no mês de Julho. Mas o imperador César, que se encontrava fora de Roma, em Antium, correu à cidade e fez tudo o que pôde para apagar o incêndio, porém não conseguiu.
Com bastante rapidez procurou para afastar de si a cólera do povo, alguém a quem atribuísse a culpa do incêndio criminoso. As vítimas foram os cristãos, uma raça de homens com superstições, que devido a ignorância do povo e o ódio, tornava possível que lhe fossem atribuídas todas as espécies de culpa aos santos.
Desde então, o círculo do estádio se tornou teatro de cenas horrendas. Na arena torturavam-se os adeptos de Cristo. Multidões de homens piedosos eram untados de alcatrão e transformados em tochas vivas e pregados na cruz.
Pedro encontrava-se entre eles; foi crucificado em 66, depois de Cristo; ele foi sepultado junto à Via Cornélia. Esse cemitério dos pagãos estava situado na “Elevação Vaticanus”.

-- Apalavra “Vatis” significa: profeta ou adivinho.
Foi por isso que o anjo disse a João; “A besta que recebera a ferida da espada e vivia.”

= Continuando; nos versículos 15 e 16, João continua dizendo:
“E foi-lhe concedido que desse espírito à imagem da besta, para que também a imagem da besta falasse, e fizesse que fossem mortos todos os que não adorassem a imagem da besta [que era o Papa]. E faz que a todos, pequenos e grandes, ricos e pobres, livres e servos, lhes seja por um sinal na sua mão direita, ou nas suas testas.”-- Nós sabemos que este é o sinal da cruz.

= Agora vamos saber como este sinal apareceu no mundo:

-- No ano 70, depois de Cristo, aconteceu a destruição de Jerusalém, comandada pelo general romano Tito. Depois da destruição da cidade de Jerusalém, todas as escrituras judaicas, foram transportadas para Roma e guardadas.

Em 312, deu-se início à batalha de Constantino; que venceu Mexênico em Ponte Mílva; pondo assim, um fim nas guerras civis; sendo recebido com triunfo em Roma.
Constantino ainda não era cristão na véspera desta batalha. Ele sonhou com o símbolo cristão [a cruz]. No sonho lhe apareceu em letras de fogo, o escrito: “In-Hoc Signo Vinces”; Que quer dizer: “ Sobre Este Signo Vencerás.”
No dia seguinte, Constantino ordenou aos seus soldados que pintassem a cruz nos seus escudos. Foram combater, e milagrosamente obtiveram uma esplêndida vitória. Ele restabeleceu a unidade monarca em 324, depois de Cristo; e em 313, pôde enfim ser livremente professado. Pouco tempo havia decorrido; e por causa de dez perseguições foi apagado o nome de cristão.
Em 325, Constantino já era cristão. Aí então foi fundado o catolicismo dentro de Roma.

= Agora medite:
- De 329 – 1453; Roma ficou sendo considerada a capital do mundo cristão. Já no século XVl, a igreja romana estava mergulhada numa profunda crise moral, estimulando críticas e rebeldias à sua autoridade. A venda de indugências por parte das autoridades da igreja, intensificou a desmoralização a fim de manter o luxo dos eclesiásticos especialmente da côrte pontificial.
A igreja comercializou o perdão de pecados cometidos, como promessas de redução das penas do purgatório. Além disso, vendia cargos eclesiásticos e até relíquias sagradas como “milhares de lascas da cruz de Cristo”, ou “ossos do burro de São José.”
Esta comercialização desregrada transformou-se no estopim do movimento protestante.

= Em 1517, na Alemanha, o monge e professor da Universidade de Wittenberg, Martinho Lutero, rebelou-se contra o vendedor de indulgências João Tetzel; que era um dominicano a serviço do Papa Leão Dez, que recolhia recursos para a construção da Basílica de São Pedro.
Lutero, exaltado com a desmoralização da igreja, fixou na porta da sua igreja, as 95 teses; onde criticava ferozmente a igreja papal.
Em 1520, o Papa Leão X, ordenou a sua retratação sob pena de ser considerado um herege, Lutero queimou em praça pública a ordem papal, sendo excomungado em 1521.
Apesar de ser consideradas heréticas pelo clero romano; as idéias luteranas espalharam-se rapidamente por toda Alemanha, onde encontraram condições particularmente favoráveis para sua difusão. Nobres e camponeses apoiaram Lutero; os nobres, ambicionando apoderaram-se das terras da igreja romana, e ampliaram seus poderes. Abalados com a decadência feudal; Os camponeses desejavam escapar da situação de miséria em que viviam.
Parte destes camponeses conhecidos por “Anabatistas”, e comandados por um seguidor de Lutero, chamado Thomas Müntze; reivindicava a divisão das terras entre os mais pobres. Lutero acusou-os de radicais e apoiou violenta repressão da nobreza sobre eles, resultando na morte de mais de 100.000 camponeses.

= O imperador alemão, Carlos 5º, inquieto com a evolução reformista, apoiou o Papa; pois julgava o luteranismo um fortalecedor dos nobres. Depois de muitos confrontos entre as tropas imperiais, e os luteranos alemães liderados pela nobreza, Carlos 5º convocou uma dieta [ assembléia], realizada em Spira em 1529. Nela, o imperador tentou fazer valer sua autoridade e determinou a submissão dos luteranos.
Os partidários de Lutero contudo, protestaram contra a decisão imperial, passando a partir de então, a serem chamados de protestantes.
= Somente em 1555, os príncipes alemães, ganharam o direito de escolher a religião que desejavam em suas terras, confirmando o triunfo do luteranismo na Alemanha. Essa decisão foi alcançada graças a um acordo assinado entre o imperador católico e os nobres protestantes, o que foi chamado “A Paz de Augsburgo”.
Contando com o apoio da nobreza alemã unida na liga de Smalkade, Lutero enfrentou e derrotou as forças católicas do imperador Carlos 5º.

-- Agora me responda:
 = Era este o homem santo que trouxe o evangelho pela graça para as nações?

= Vejamos agora, como era a doutrina de Lutero e o seu evangelho; que veio a invadindo toda a terra:

Em meio à expansão luterana na Alemanha e aos conflitos com o imperador Carlos 5º, em 1530; Filipe de Melanchton, discípulo de Lutero, redigiu a confissão de Augsburgo, definindo o credo dos protestantes. A doutrina tinha por base a teologia agostiniana, defendendo a fé como única fonte de salvação, e o princípio da predestinação.
Esta mesma doutrina afirmava que o homem vinha ao mundo predestinado por Deus à salvação ou à perdição, e que a fé era a prova divina dos bem escolhidos. Para os luteranos, a Bíblia era a autêntica base da religião e, portanto, o culto devia reduzir-se à leitura e ao comentário das escrituras. Também só se deviam ser conservadas as práticas instituídas por Cristo transmitidas por Ele, através do novo testamento.

-- Está aí o patrono deste falso evangelho!

Em João Cp.5, V.39, Jesus disse: “Examinais as escrituras, cuidais ter nela a vida eterna.” - Mas de acordo com a doutrina de Martinho Lutero, a salvação é pela graça; e não por examinar as escrituras sagradas. Porque ele negou o antigo testamento, e os seus adeptos assim obedecem até hoje.

Em Mateus Cp.22, V.29, Jesus disse: “Errais, não conhecendo as escrituras, nem o poder de Deus.”

-- Agora me responda:
= Quem está certo? É O Senhor Jesus Cristo mandando você examinar as escrituras; ou Martinho Lutero proibindo você de examiná-la?

No livro de Provérbios Cp.30, V.5 diz assim: “Toda palavra de Deus é pura; escudo é para os que confiam nela.”

- Martinho Lutero só negou o antigo testamento, por causa da iniqüidade que ele tinha cometido tirando a vida de muitos. Porque o evangelho de Martinho Lutero trouxe a morte; Mas o evangelho de Jesus Cristo, veio trazendo vida para sempre.
Por causa de Martinho Lutero, o povo evangélico anda dizendo que a salvação é pela graça. Só que Jesus não falou assim.

Em Mateus Cp.5, V.26 Jesus disse que; “De maneira nenhuma você sairá dali, enquanto não pagar o último ceitil.” – E agora? Onde está a graça?

Em Mateus Cp.7, Vs.1 e 2 Jesus disse: “Não julgueis para que não sejais julgados; porque com o juízo com que julgardes sereis julgados, e com a medida com que tiverdes medido vos hão de medir a vós.” – Se a salvação é pela graça; onde fica o que Jesus falou aqui?

Em Mateus Cp.16, V.17, Jesus disse: “Porque o filho do homem virá na glória de seu Pai, com os seus anjos; e então dará a cada um segundo as suas obras.”

-- O Martinho Lutero foi tão corrupto que escondeu a justiça trazendo a graça para os seus adeptos.
- Ele protestou as indulgências da igreja de Roma, mas trouxe todo o ensinamento dela; que também já foi herdado por ela, da grande Babilônia. Porque a doutrina da antiga Babilônia era: o inferno de fogo, o diabo tentador, negar a reencarnação, dizer que a ressurreição é da sepultura, e ensinar que após a morte irão morar no céu.

- Até no novo testamento, eles colocaram mentiras.
Vejamos algumas em um só capítulo; Mateus Cp.27, Vs.45 a 53: Aqui aponta que Jesus morreu no intervalo de uma hora, às três da tarde; porque antes do pôr do sol os corpos tinham que ser tirados da cruz.
= Vejamos como diz o versículo:
“E Jesus, clamando outra vez com grande voz, rendeu o espírito. E eis que o véu do templo se rasgou em dois, de alto a baixo; e tremeu a terra, e fenderam-se as pedras, e muitos corpos de santos que [dormiam] foram ressuscitados; e saindo dos sepulcros, depois da ressurreição de Jesus entraram na [cidade santa], e apareceram a muitos.”

= Eu pergunto: Qual foi a cidade santa que eles entraram?

Porque Jerusalém não era mais santa. Como diz em Isaías Cp.1, V.21 onde diz: “Como se tornou prostituta a cidade fiel! Ela estava cheia de retidão! A justiça habitava nela, mas agora homicidas.”

= Como é que uma cidade prostituta pode ser santa?

= Esta foi a cidade santa, onde aqueles que ressuscitaram na hora da morte de Jesus entraram?

- Eu nunca vi uma cidade prostituta e cheia de homicidas ser santa!

O interessante foi que, Jesus morreu na cruz de uma hora, às três horas da tarde, mais ou menos neste intervalo; E aqueles que ressuscitaram na hora da morte dele, só saíram dos sepulcros depois da ressurreição do próprio Jesus.
= Jesus ressuscitou na vigília da manhã; já no primeiro dia.

-- Agora me responda:
= Onde estavam aqueles que ressuscitaram na hora da morte dele? O que eles estavam fazendo da sexta feira até o domingo de manhã?

Eles só saíram dos sepulcros, depois que Jesus ressuscitou. Porque está escrito que “Jesus é a primícia dos que dormem”. Então; como eles poderiam ressuscitar primeiro do que Jesus?

-- Será que foram duas turmas de ressuscitados? Uma para a hora da morte de Jesus; e outra para o domingo de manhã logo após a ressurreição dele?

Martinho Lutero proibiu os seus adeptos de examinarem as escrituras do antigo testamento; e também ensinou a mentir.

Em João Cp.3 V.19 Jesus disse: “E a condenação é esta: Que a luz veio ao mundo, e os homens amaram mais as trevas do que a luz. Porque as suas obras eram más.”

No versículo 20 e 21, do mesmo capítulo diz: “Porque todo aquele que faz o mal, aborrece a luz, e não vem para a luz para que as suas obras sejam reprovadas.”

- Como Martinho Lutero fazendo guerra podia aproximar-se da luz?

Ele procurou afastar-se da luz porque as suas obras eram más. Ele proibiu o povo de ler o antigo testamento; porque nele [no antigo testamento], está a justiça de Deus. Como está escrito em Salmos Cp.89, V.14, que diz: “Justiça e juízo são a base do teu trono; Misericórdia e verdade vão adiante do teu rosto. Mas quem pratica a verdade vem para a luz, a fim de que suas obras sejam manifestas, porque são feitas em Deus.”
No livro de Provérbios Cp.6, V.23 diz: “Porque o mandamento é uma lâmpada, e a lei uma luz.” – Quem anda na luz; teme a justiça?
No livro dos Salmos Cp.119, V.105, diz: “Lâmpada para os meus pés é tua palavra, e luz para o meu caminho.”
-- Martinho Lutero proibiu os seus adeptos de ler o antigo testamento que é a verdadeira palavra de Deus.
Mas qual foi a lâmpada que Martinho Lutero colocou nos seus pés; e qual foi a luz que ele colocou nos seus caminhos?
-- Está provado que ele cobriu o mundo de trevas e não de luz; porque a palavra de Deus é luz.

Em Mateus Cp.15, Vs.8 e 9, Jesus disse: “Este povo honra-me com os seus lábios, mas o seu coração está longe de mim. Mas em vão me adoram, ensinando doutrinas que são preceitos dos homens.”

Em Provérbios Cp.12, V.17, diz: “O que diz a verdade, manifesta a justiça, mas a testemunha falsa engana.”

 -- Todo aquele que diz que Jesus vem para arrebatar a igreja para o céu, é uma falsa testemunha. Porque, se Jesus fosse arrebatar as igrejas para o céu; os primeiros a pregarem isto seriam os santos profetas, que vieram pregando a serviço do Senhor desde a antiguidade. Mas nunca, nenhum deles, falou sobre esta mentira.
Em Lucas Cp.24, V.44, Jesus disse para seus apóstolos: “São estas as palavras que vos disse estando ainda convosco: Que convinha que se cumprisse tudo o que de mim estava escrito na lei de Moisés, e nos profetas, e nos Salmos.”

-- Veja que nas profecias dos profetas existe um “arrebatamento”.

-- Vejamos em Isaías Cp.4, Vs.2 a 6, onde o próprio profeta Isaías disse:
 “ Naquele dia o renovo do Senhor, será cheio de beleza e de glória; e o fruto da terra excelente e formoso para os que escaparem de Israel. E será que aquele que ficar em Jerusalém, será chamado santo: Todo aquele que estiver escrito entre os vivos em Jerusalém; Quando o Senhor lavar a imundícia das filhas de Sião, e limpar o sangue de Jerusalém do meio dela, com o Espírito de Justiça, e com o Espírito de Ardor.
E criará o Senhor sobre toda a habitação do Monte de Sião, sobre as suas congregações, uma nuvem de dia, e um fumo, e um resplendor de fogo chamejante de noite; Porque sobre toda glória haverá proteção. E haverá um tabernáculo para sombra contra o calor do dia; para refúgio e esconderijo contra a tempestade e contra a chuva.”

= Você entendeu para onde será este arrebatamento?

Em Joel Cp.2, V.32, Ele mesmo disse: “E há de ser que todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo; porque no Monte de Sião e em Jerusalém haverá livramento, assim como o Senhor tem dito, e nos restantes que o Senhor chamar.”

O profeta Obadias também profetizou no Cp.1, V.17 onde ele disse: “Mas no Monte de Sião haverá livramento; e ele será santo; e os da casa de Jacó possuirão as suas herdades.”
- Jesus disse que convinha que se cumprisse tudo o que está escrito na lei de Moisés e nos profetas, e nos Salmos.

- Entre todos os profetas do antigo testamento, ou nos Salmos; Qual foi o profeta que profetizou o arrebatamento da igreja para morar no céu? Você já leu ou já ouviu a profecia de algum?

= Se houvesse arrebatamento para o céu; quem teria falado mais sobre isso seria o próprio Jesus Cristo.

Mas Jesus disse: “Bem-aventurados os mansos porque eles herdarão a terra!”

Em Apocalipse Cp.11, V.15, o apóstolo João disse: “E tocou o sétimo anjo a sua trombeta, e houve no céu grandes vozes, que diziam: “Os reinos do mundo vieram a ser de Nosso Senhor e do seu Cristo, Ele reinará para todo o sempre.”

Este capítulo já foi falado; mas, foi repetido para ver se quebra a surdez do mundo evangélico por causa desta mentira que Martinho Lutero herdou da velha Babilônia, e corrompeu toda a humanidade com esta mentira satânica. Mas a verdade vai destruir esta mentira do falso arrebatamento para o céu.

Como se vê hoje, o mundo evangélico com esta ilusão perdida, todos os evangélicos só esperam este arrebatamento para o céu por causa de uma máscara que Martinho Lutero pôs no rosto de todos eles.

Mas ainda há uma esperança!
Em Isaías Cp.25, Vs.7 a 9 Deus falando pela boca do profeta Isaías disse: “E destruirá deste Monte a máscara do rosto com que todos os povos andam cobertos e o véu com que todas as nações se escondem.”

- Quem está com esta máscara no rosto nada vê. E quem colocou esta máscara no rosto do povo foi Martinho Lutero; proibindo o povo de ler o antigo testamento que é a verdadeira palavra de Deus. E o véu, tanto cobre o rosto como tapa os ouvidos.

Em João Cp.17, V.17 Jesus disse: “Santifica-os na verdade que a tua palavra é a verdade.”

= A palavra de Deus é o antigo testamento. Foi nele que Jesus mandou que nos santificássemos.
 Se Martinho rejeitou o antigo testamento que é a verdadeira palavra de Deus, onde foi que ele se santificou e santificou a igreja luterana; que ele fundou na Alemanha, e hoje está quase em todos os países; só mudam de nome, mas todas são luteranas; porque saíram de Lutero; e nenhuma delas aceita o antigo testamento, que é a verdadeira palavra de Deus, mas confessam que são salvos pela graça.

-- Os pastores só aceitam do antigo testamento; o dízimo!

Em provérbios Cp.12, V.17 diz que a verdade manifesta a justiça mas a testemunha falsa engana.” – Como Martinho Lutero enganou o povo prometendo arrebatamento para o céu; que é uma doutrina babilônica, com a qual ele batizou os seus adeptos.

Em Oséias Cp.4, V.6 Deus falou pela boca do profeta Oséias e disse: “O meu povo foi destruído porque lhe faltou o conhecimento. Porque tu rejeitaste o conhecimento, Eu também te rejeitarei, para que não sejas sacerdote diante de mim; visto que te esqueceste da lei do teu Deus, também eu me esquecerei de teus filhos.”
= Onde fica a salvação pela graça?

Em João Cp.5, V.19 Jesus disse: “Na verdade na verdade vos digo que o filho por si mesmo não pode fazer coisa alguma, se o não vir fazer ao Pai; porque tudo quanto Ele faz, o Filho o faz igualmente.”

No versículo 30 ao 32 do mesmo capítulo Jesus disse: “Eu não posso de mim mesmo fazer coisa alguma; como ouço, assim julgo; e o meu juízo é justo, porque não busco a minha vontade, mas a vontade do Pai que me enviou. Se eu testifico de mim mesmo, o meu testemunho não é verdadeiro.”

- Como Jesus iria afastar o antigo testamento que é a verdadeira palavra de Deus, e oferecer salvação pela graça aos pecadores?

Se Jesus tivesse vindo ao mundo para anular o antigo testamento e implantar só o novo; Ele não teria ensinado aos seus apóstolos orar o Pai Nosso, e nem teria os enviado a pregarem o reino de Deus. Ele os teria enviado a pregar o arrebatamento para o céu.

-- Jesus não é um político para ter duas conversas!

-- Você agora está vendo dois evangelhos existentes na terra:

- O primeiro e verdadeiro é o de Jesus Cristo; que veio do céu, trazendo a esperança da salvação para o reino de Deus aqui na terra a muitos; com vida, saúde e felicidade.
Como o profeta Isaías disse: “E nenhum morador dirá: Enfermo estou. Porque o povo que habitar nela será absolvido da sua iniqüidade.”
Esta é a esperança que Jesus nos tem dado através do evangelho eterno!

-- Veja agora o segundo; que é o falso evangelho de Martinho Lutero, o qual saiu pelas portas de Roma por Constantino Magno em 325 depois de Cristo:
- Martinho Lutero o trouxe de Roma em 1521, começando pela Alemanha com muitos conflitos com o Imperador Carlos 5º.
Um seguidor de Lutero chamado Thomas Müntzer, reivindicava a divisão das terras da igreja entre os mais nobres. Lutero acusou-os de radicais e apoiou violenta repressão da nobreza sobre eles, resultando na morte de mais de 100.000 camponeses.

Este é o evangelho de Lutero; prometendo cura, prosperidade, arrebatamento para o céu a qualquer momento; com a esperança de não serem mais mulher nem homem, porque acreditam que todos irão ter o mesmo sexo. Onde também não se come, nem se bebe, nem se casam e nem se dão em casamento; porque só irão viver no céu para cantar e orar eternamente; e que a ressurreição é da imundície de uma sepultura.

Além disso; expulsam demônios, fazem curas falsas, e pregam convidando os pecadores para morarem no céu, não importando o pecado que eles tenham cometido; basta levantarem as mãos, e estão todos salvos.

Eles também pregam descaradamente que se pagarem os seus votos [feitos com dinheiro], se derem seus dízimos todo mês, e depositarem as suas ofertas na sacola sem falta; serão todos abençoados. São verdadeiros charlatões, mentirosos e roubadores da consciência alheia!

Mas no livro de Provérbios Cp.21, V.6 diz: “Trabalhar por ajuntar tesouro com língua falsa é uma vaidade, e aqueles que a isso são impelidos buscam a morte.” - É esta a recompensa do evangelho de Lutero!

-- Agora; sobre as portas de todas estas parafernalhas, está escrito o nome de Jesus; para atrair os cegos.

Veja o que Ezequiel disse no Cp.33, V.31: “E eles vêm a ti, como o povo costuma vir, e se assentam diante de ti como meu povo, e ouvem as tuas palavras, mas não as põem por obra: Pois lisonjeiam com a sua boca, mas o seu coração segue a sua avareza.”

-- Está aí o evangelho de Lutero; não para a salvação, mas para um grande comércio das riquezas ilícitas.

-- Vamos saber agora quais são as virtudes do evangelho eterno do reino de Deus aqui na terra:

Em Gênesis Cp.8, V.22 Deus disse para Noé: “Enquanto a terra durar, sementeira e sega, e frio e calor, verão, e inverno, dia e noite, não cessarão.”

Em Gênesis Cp.9, V.12 Deus disse novamente para Noé: “Este é o sinal do concerto que ponho entre mim e vós, e entre toda a alma vivente, que está convosco, por gerações eternas.” – Agora eu pergunto: As gerações têm fim; ou são eternas?

Em Gênesis Cp.13, V.14 a 17, Deus disse para Abraão depois que Ló se apartou dele: “Levanta agora os teus olhos, e olha desde o lugar onde estás para a banda do norte, e do sul, e do oriente, e do ocidente; porque toda esta terra que vês, te hei de dar a ti, e a tua semente para sempre. E farei a tua semente como o pó da terra; de maneira que se alguém puder contar o pó da terra, também a tua semente será contada.”
Existe outro ser no universo superior a Deus; para aniquilar estas promessas?

Em Gênesis Cp.22, Vs.15 a 18 diz; “Então o anjo do Senhor bradou a Abraão pela segunda vez desde os céus, e disse: “Por mim mesmo, jurei, diz o Senhor: Porquanto fizeste esta ação e não me negaste o teu filho o teu único; Que deveras te abençoarei, e grandissimamente multiplicarei a tua semente como as estrelas do céu, como a areia que está na praia do mar; e em tua semente serão benditas todas as nações da terra; porquanto obedecestes a minha voz.”

-- Veja como vai se cumprir esta promessa feita por Deus a Abraão em Isaías Cp.27, Vs.5 e 6 onde Deus disse; “Ou que se apodere da minha força, e faça paz comigo: sim, que faça paz comigo. Dias virão em que Jacó lançará raízes, e florescerá e brotará Israel, e encherão de fruto a face do mundo.

--Esta é a verdade do evangelho eterno, que continua mostrando as glórias de Deus aqui no mundo.

= Veja outra profecia maravilhosa a qual Deus falou em Isaías Cp.11, V.9, onde o Senhor disse: “Não se fará mal nem dano algum em todo o monte da minha santidade, porque a terra se encherá do conhecimento do Senhor como as águas cobrem o mar.

No livro dos Salmos Cp.72, Vs.7 e 8 diz que nos dias de Cristo aqui no mundo; “florescerá o justo, e abundância de paz haverá enquanto durar a lua.”

- Jesus dominará de mar a mar, e desde o rio até as extremidades da terra!

Veja no livro dos Salmos Cp.89, Vs.35 a 37, onde Deus disse: “Uma vez jurei por minha santidade que não mentirei a Davi. A sua descendência durará para sempre, e o seu trono será como o sol perante mim; será estabelecido para sempre como a lua: E a testemunha no céu é fiel.”

= Veja a confirmação de Deus em Amós Cp.9, Vs.11 e 12 onde Deus disse: “Naquele dia tornarei a levantar a tenda de Davi que caiu, e taparei as suas aberturas, e tornarei a levantar as suas ruínas, e a edificarei como nos dias da antiguidade. Para que possuam o restante de Edom, e todas as nações que são chamadas pelo meu nome, diz o Senhor.” – Este é o lugar e a recompensa, para todos os que crêem que o reino de Deus é aqui na terra.

E para os que crêem no arrebatamento de Lutero; todos irão realmente ser arrebatados; mas será de acordo como está escrito em Jó Cp.38, Vs.12 e 13; Salmos Cp.37, V.34; Salmos Cp.37, V.22; Salmos Cp.104, V. 35; Salmos Cp.52, Vs.3 a 6; e em João Cp.1, V.29.

Este é o destino de Lutero, e de todos os que crêem no seu falso arrebatamento!

Tudo de acordo com a palavra de Deus. João 7 : 38. "Quem crê em mim como diz as escrituras."


Dúvidas e comentários ligue-nos. f: 4106-3215

Nenhum comentário:

Postar um comentário